Sobre Nós

A Academia Musical 1º de Junho de 1893, também conhecida por Academia do Lumiar, foi fundada no final do Século XIX e fica situada na Freguesia do Lumiar; nessa altura, era um local algo longínquo do centro urbano da cidade de Lisboa, tratava-se de uma zona de quintas, com uma densidade populacional que não se compara com a dos nossos dias. Dadas as dificuldades de transporte da época, a Academia era o ponto de encontro e de diversão das famílias da freguesia.

A Colectividade teve como motivo fundacional a prática musical, mais precisamente, o desenvolvimento de uma Banda Filarmónica. Tal como era costume na época, a Colectividade incorporou no seu nome o dia da estreia da sua Banda Filarmónica, o dia 1 de Junho de 1893, data em que se apresentou no pátio dos Condes de Penafiel, no Lumiar.

Desde essa data a Banda Filarmónica da Academia abrilhantou inúmeros eventos realizados na área geográfica circundante, quer fossem de organização própria, quer em colaboração com outras entidades vizinhas.

Entretanto, a sua actividade foi-se diversificando de tal forma que hoje o leque ao dispor daqueles que procuram a Academia para ser satisfazer necessidades nos campos da Cultura, do Desporto e do Recreio é muito vasto.

Na área cultural destacamos a Música (Piano, Guitarra, Banda Filarmónica e Coro), o Teatro, a Dança (Ritmos Latinos e Africanos) e a Marcha Popular, actividade em que a Academia assume a representação da Freguesia do Lumiar no Concurso de Marchas Populares de Lisboa.

No que diz respeito ao desporto na Academia, pratica-se Basquetebol, Corrida, Ténis de Mesa, Xadrez, Ginástica e Karaté.

Para além da componente recreativa que todas as actividades acima indicadas encerram, na Academia podem ainda praticar-se Jogos de Mesa (Cartas, Domino, Damas), Bilhar, participar em diversos eventos festivos ou, simplesmente, trocar dois dedos de conversa enquanto se toma uma bebida.

A Academia do Lumiar entrou no Século XXI cheia de projectos, de vontade de chegar a mais, e mais, pessoas e de prosseguir aquele que é o seu principal fim: ajudar as pessoas a criar laços.

É o que fazemos há mais de 120 anos e acreditamos poder continuar a fazer por muitos mais. 

Artº 1º - A Academia Musical 1º de Junho de 1893, adiante designada por Academia, fundada em 1 de Junho de 1893, é uma pessoa colectiva de direito privado, sem fins lucrativos, composta por um número indeterminado de associados, que adquirem a condição de Sócios pelas formas e com as categorias estipuladas em Regulamento Geral Interno.

Artº 2º - Os Associados Efectivos, obrigatoriamente, e os de outras categorias que o Regulamento Geral Interno especifique, contribuem com o pagamento de quotas individuais, cujo montante é fixado em Assembleia Geral, as quais integram as receitas ordinárias da Academia.

Artº 3º - A Academia tem a sua sede no Largo Júlio Castilho nº 3, freguesia do Lumiar, concelho de Lisboa.

Artº 4º - A Academia tem por fim a promoção sócio-cultural dos Associados, através da actividade cultural, da prática desportiva e da acção recreativa, estando-lhe vedada toda e qualquer acção ou manifestação de natureza política ou religiosa, ou susceptível de ser considerada xenófoba ou socialmente discriminatória.

Artº 5º - O funcionamento da Academia será garantido pelos órgãos sociais, e reger-se-á de forma prevalecente pelo disposto nos artºs 171º a 178º do Código Civil Português e supletivamente pelos presentes Estatutos e pelo Regulamento Geral Interno, cujas disposições em caso nenhum poderão ser contrárias ao estipulado naquele normativo legal. São órgãos da Academia a Assembleia Geral, a Direcção e o Conselho Fiscal.

§ 1º - A Assembleia Geral é constituída pela totalidade dos Associados no pleno gozo dos seus direitos de Sócio e quando reunida é dirigida pela Mesa da Assembleia Geral, que é composta por três membros, um dos quais será o Presidente.

A Assembleia Geral reunirá no mínimo uma vez anualmente para apreciação, discussão e votação do Relatório e Contas da Direcção e do respectivo Parecer do Conselho Fiscal, e ainda sempre que para o efeito for convocada pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral, nos termos estipulados no Regulamento Geral Interno.

São competências da Assembleia Geral as que lhe são cometidas por Lei e pelo Regulamento Geral Interno.

§ 2º - A Direcção é composta por um número ímpar de membros, com um mínimo de cinco, um dos quais será o Presidente, e que tem as competências e a forma de deliberar estipuladas no Regulamento Geral Interno.

§ 3º - O Conselho Fiscal é composto por três elementos, um dos quais será o Presidente, tem as competências e a forma de deliberar estipuladas no Regulamento Geral Interno.

Artº 6 - A Mesa da Assembleia Geral, a Direcção e o Conselho Fiscal são eleitos em Assembleia Geral expressamente convocada para o efeito, sendo os respectivos Presidentes obrigatoriamente designados nominalmente para o cargo.

Artº 7º - A representação da Academia, em juízo ou fora dele, compete à Direcção, nos termos estipulados no Regulamento Geral Interno, ou a mandatários por ela constituídos, nos termos e limites dos respectivos mandatos.

Artº 8º – A Academia perdura por tempo indeterminado e a sua dissolução só poderá ocorrer nos termos legalmente previstos. Em caso de dissolução, o património da Academia que estiver livre de encargos e o que não esteja afecto a um fim específico por vontade do respectivo doador, reverterá a favor de uma obra de carácter social sem fins lucrativos a designar por deliberação da Assembleia Geral.

Artº 9º - Nos casos omissos neste Estatuto, rege o Regulamento Geral Interno que, para todos os efeitos, incluindo a forma de aprovação e alteração, tem força de Estatutos.

Assembleia Geral  

 Presidente            Fernando Boto  

 1º Secretário         Samuel Brasil 

 2º Secretário         Paulo Sousa 


Conselho Fiscal

Presidente             Ana Maria Ranita

Relator                  Alberta Borges

Tesoureiro             Rúben Santos 


Direção

Presidente            Artur Botão

Vice-Presidente     Hugo Sousa Carrusca


Tesoureira            Nélia Ramos

Secretária            Camila Botão

Vogal                  Carla Botão

© Copyright 2020 Academia do Lumiar